02 janeiro 2014

Autor(a): Federico Moccia Editora: Planeta Nota: ★★★☆


Sinopse: "Niki é uma bela garota, é divertida, é inteligente. Tem 17 anos. Alex é um 'garoto' de quase 37. Separou-se há pouco, e sem uma razão clara, de sua noiva. Publicitário com grandes responsabilidades vê-se em crise no trabalho. Os dois se cruzam casualmente num pequeno acidente de trânsito. Niki gosta de Alex, Alex acha Niki divertida. A relação fica cada vez mais intensa. Não querem deixar a diferença de idade atrapalhar. O mundo dos adolescentes se choca com o dos adultos. Mas a vida dos dois nunca mais será a mesma. Este romance é a vontade de reencontrar a própria liberdade, a vontade de ter sentimentos verdadeiros, de amar sem convenções e sem muitos porquês. É o cotidiano, mas também o sonho."
Minhas expectativas para esse livro eram enormes, todo mundo falava bem dele, possui ótimas críticas,  então depois de muito tempo resolvi comprar ele, e já fui logo comprando o segundo volume "Desculpa se quero me casar contigo". Porém, minha leitura foi um tanto quanto decepcionante.

O livro narra o romance entre Alessandro, que é um publicitário bem sucedido de 37 anos que acaba de ser abandonado por sua noiva sem um motivo aparente, e Niki uma adolescente de 17 anos que está no ensino médio. O romance deles enfrenta vários obstáculos até que finalmente possam ficar juntos.

No livro também encontramos a amizade entre Niki e outras três garotas que se intitulam as "Ondas". Também são apresentados os melhores amigos de Alessandro, todos casados e cada um passando por diferentes problemas em seus casamentos.

Em minha opinião o livro é bastante longo, mais de 400 páginas que poderiam ser reduzidas. O autor tem um estilo de escrita cansativo e  maçante.  Em algumas partes a história perde a noção e fica confusa, mostrando alguns personagens que não sabemos por que estão ali e que poderiam ser cortados facilmente. A tradução é péssima, frases mal formuladas, traduções ao pé da letra.

Ah, não podendo esquecer os personagens, Niki para mim é bem chatinha às vezes, em algumas partes não sei como Alessandro consegue aguentar ela. Uma amiga de Niki, chamada Olly foi uma personagem que eu não simpatizei com ela, vive falando de sexo e de como sua vida sexual é agitada. O romance entre Niki e Alessandro também é bem irreal pra mim, não apenas pela diferença de idades, mas por outros fatos também, os diálogos entre os dois são tão bregas e estranhos, que muitas vezes me incomodavam.

Bom, o livro me decepcionou bastante, mas para quem gosta de romances pode até ser uma boa pedida, pra mim ainda estou arrumando coragem para ler o segundo livro.
P.S.: O livro também possui um filme intitulado Lição de amor.







12 comentários:

  1. É complicado quando o livro decepciona, né? Esse é o problema de criar muita expectativa. # chatiada Mas a capa e o título são TÃO LINDOS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, a capa é a coisa mais linda, mas a história deixa a desejar :/

      Excluir
  2. que triste que vc n gostou do livro.. eu estava querendo ler ele

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, o livro realmente não me surpreendeu. Mas é sempre bom você ler, pois pode ser que você tenha uma opinião diferente sobre o livro.
      Beijos!

      Excluir
  3. Olá, tudo bom?
    Te indiquei para um selo/tag!
    Entre e confira :)

    http://quantaaudacia.blogspot.com.br/2014/01/selo-liebster-award.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, tudo ótimo e você?
      Obrigada pela indicação! Vou participar assim que der. =D
      Ah, te indicamos para um selo em nosso blog também.
      Beijos!

      Excluir
  4. Eu concordo contigo, a Niki é um pouco chatinha mas acredito que tenha sido um recurso do autor para retratá-la como adolescente. No geral, eu gostei do romance. Quer dizer, do formato e da maneira como foi escrito. Foi o primeiro livro de amor bem trabalhado que eu li , quer dizer, o autor soube trabalhar bem e concatenar as histórias , não foi uma historia de amor "forçada". Enfim, acho que você deve dar uma chance para a continuação "Desculpa quero me casar contigo".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, a Niki muitas vezes me irritou com o jeito dela.
      Sim, vou ler a continuação, mas um pouco mais pra frente.
      Beijos!

      Excluir
  5. tenho muita vontade de ler o livro, e eu já vi só o comecinho do filme. Pena que te decepcionou, acho que já não vou tantas expectativas agora.
    bjs
    http://felicidadeinventada.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É ruim quando criamos muitas expectativas.
      E você gostou do pedaço que viu do filme?
      Beijos!

      Excluir
  6. Confesso, fiquei decepcionada com o livro depois dessa resenha :/ Estava empolgada para lê-lo, mas não gostei de saber que a narrativa não é empolgante e que até a tradução não está legal. Complicado isso... Ainda pretendo ler o livro, mas já não estou mais empolgada assim :/ Bjs
    Jéssica - http://lereincrivel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Sim, livros mal traduzidos são péssimo. :(
    Mas, é sempre bom ler, pois que pode ser que você goste.
    Beijos!

    ResponderExcluir

Nossos Favoritos

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Galerinha do Blog

Tradutor